Como escolher o melhor curso para você?

 

 A escolha do curso universitário é uma grande decisão a ser tomada. Em grande parte, isso se deve ao fato de que sua formação influenciará diretamente o trabalho que terá pelo futuro. Não há fórmula para descobrir qual é o curso ideal para você, mas diversos fatores podem ser analisados na descoberta do que mais combina com seu perfil. Acompanhe nessa postagem algumas dicas para te auxiliar nessa busca!

1. O que mais te interessa?

 

Primeiramente pense no que realmente te interessa. Elabore uma lista contendo as principais áreas que você consideraria cursar com base em afinidade e também suas habilidades. Liste os tópicos que mais gostava durante a escola, assim como os empregos relevantes em torno deles. Certamente trabalhar e construir uma carreira em algo de seu gosto, torna tudo mais fácil e te encaminha ao sucesso profissional!

 

2. Faça um teste vocacional

 

Ainda não se identifica com nada ou tem opções demais em sua cabeça? A orientação vocacional é uma importante ferramenta de autoconhecimento e pode se mostrar útil para te ajudar na escolha de um curso. Nesse tipo de teste, são realizadas avaliações de personalidade, com o objetivo de identificar  determinadas características psicológicas do avaliado. Tais características, associadas com habilidades individuais, indicam quais perfis profissionais e carreiras correspondem a pessoa.

 

3. Perspectivas de carreira

 

Quais são as opções de carreira para o curso? Quais são as taxas de emprego para o recém formado? O mercado está absorvendo os profissionais? Olhe para as perspectivas de carreira do curso antes de escolher o melhor para você. Leve em consideração vários fatores, como salários, setores de atuação, segurança no emprego, estresse, responsabilidades e outros benefícios ao pesquisar uma profissão.

 

4. Localização do campus

 

A localização do campus universitário é um motivo que faz com que muitos estudantes abandonem o curso, ainda nos primeiros meses. Isso pode significar escolher algum lugar perto de casa, ou mais longe, e pensar em questões como se você prefere morar em uma capital ou cidade pequena. Além disso, o local influencia diretamente o custo de vida, condição indispensável para um estudante avaliar. Esses pontos são importantes para sua experiência geral.

 

5. Qualidade universitária

 

Outro aspecto relevante a ser analisado é a qualidade dos cursos que você busca. Existem rankings que avaliam diversas características tais como, estrutura, corpo docente, instalações, publicações, empregabilidade do curso. Fazendo pesquisas pela internet, conversando com alunos e formados e visitando a Universidade, você pode ter uma noção melhor de como é o ambiente acadêmico do lugar.

 

6. Conteúdo do curso

 

Não deixe de pesquisar a grade curricular, ou seja, qual é o conteúdo do curso em que deseja se inscrever. Apesar de os cursos possuírem um padrão na grade, que deve ser regulamentada pelo Ministério da Educação, podem apresentar focos diferentes a depender da Instituição. Tal variação pode ser consequência da Indústria local, aspectos regionais, tempo de existência do curso e também das instalações disponíveis. É muito importante que o estudante tenha noção desses fatores previamente, para não se frustrar na graduação.  

Please reload

Postagens Recentes

O papel dos pais na educação infantil!

16/08/2018

Volta às aulas no segundo semestre!

31/07/2018

5 aplicativos para turbinar seus estudos do ENEM!

23/07/2018

1/1
Please reload

Tags

Please reload

© 2018  Academia da Mente | Aulas Particulares - Todos os direitos reservados